domingo, 25 de setembro de 2016

Interpretação de Textos Toda Saudade

Exercício de interpretação de textos com gabarito.
Toda Saudade de Gilberto Gil.

Toda saudade é a presença da ausência de alguém, de algum lugar, de algo enfim.
Súbito o não toma forma de sim como se a escuridão se pusesse a luzir.
Da própria ausência de luz o clarão se produz, o sol na solidão.
Toda saudade é um capuz transparente que veda e ao mesmo tempo traz a visão do que não se pode ver porque se deixou pra trás mas que se guardou no coração.
Gilberto Gil

Pergunta:
Para o autor, a saudade é algo:

a) que leva ao desespero.
b) que só se suporta com fé.
c) que ninguém deseja.
d) que transmite coisas boas.
e) que ilude as pessoas.

Resposta:
d) que transmite coisas boas.


Pergunta:
Segundo o texto:

a) sente-se saudade de pessoas, e não de coisas.
b) as coisas ruins podem transformar-se em coisas boas.
c) as coisas boas podem transformar-se em coisas ruins.
d) a saudade, como um capuz, não nos permite ver com clareza a situação que vivemos.
e) a saudade, como um capuz, não nos deixa perceber coisas que ficaram em nosso passado.

Resposta: b) as coisas ruins podem transformar-se em coisas boas.

Pergunta:
Por “presença da ausência” pode-se entender:

a) ausência difícil
b) ausência amarga
c) ausência sentida
d) ausência indiferente
e) ausência enriquecedora

Resposta:
c) ausência sentida


Pergunta:
O texto se estrutura a partir de antíteses, ou seja, emprego de palavras ou expressões de sentido contrário.
O par de palavras ou expressões que não apresentam no texto essa propriedade antitética é:

a) presença / ausência
b) não / sim
c) ausência de luz / clarão
d) sol / solidão
e) que veda / traz a visão

Resposta:
d) sol / solidão


Pergunta:
O que se guarda no coração é:

a) a saudade
b) o clarão
c) o que se deixou para traz
d) a visão
e) o que não se pode ver

Resposta:
e) o que não se pode ver


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Badge

Seguidores

Follow by Email

Prestação de serviços

  • "TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE:"